ead, educação, Ensino Superior, Mercado, Mkt educacional

Ingresso de aluno no ensino superior presencial deve cair 1,9%, diz Semesp

O número de alunos que ingressam no ensino superior privado deve registrar queda este ano na comparação com 2015, de acordo com estimativas do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp). A entidade calcula que o total de alunos novos nos cursos presenciais deve ser 1,9% menor este ano na comparação com 2015, mesmo depois de o ano passado já ter representado uma retração de 8,2%.

A perspectiva do Semesp é de uma retomada apenas em 2017, com o ensino presencial crescendo 1,1% na comparação anual em número de ingressantes, ainda um ritmo considerado muito fraco.

“Esperamos um cenário melhor em 2017, mas sobretudo porque temos uma base de alunos que já foi muito depreciada desde 2015”, comenta o diretor executivo do Semesp, Rodrigo Capelato.

O Índice Semesp de Ingressantes, lançado nesta sexta-feira, 2, em evento do setor, estima a evolução do número de novos alunos com base em elementos macroeconômicos e demográficos. A entidade vai atualizar essas projeções mensalmente.

As estimativas levam em conta um cenário de abertura de novas vagas no programa de financiamentos estudantil, o Fies, levemente melhor que o deste ano. O Semesp prevê para 2017 um montante de cerca de 350 mil novas vagas no Fies ante 325 mil ofertadas este ano, muito embora o setor reclame que nem todas as vagas oferecidas puderam ser preenchidas em 2016 até que fossem feitos ajustes nos critérios de seleção de alunos.

Apesar de a entidade prever que o Fies deva oferecer novas vagas, o setor de ensino superior tem demonstrado preocupações com o programa.

O Fies foi tema de debate entre empresários de grandes universidades que participaram nesta sexta-feira de um almoço de confraternização, promovido pelo Semesp em São Paulo. O sentimento era de preocupação depois que o resultado de uma auditoria do Tribunal de Contas da União apontou que houve “descalabro” na gestão do Fies.

O ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, tem pregado uma reformulação do programa capaz de torná-lo mais sustentável. Nesta semana, o ministro afirmou que a proposta de reformulação do programa de financiamento estudantil do governo federal, o Fies, precisará ser concluída até o final do ano ou o primeiro semestre de 2017. Há no setor quem reclame, porém, de falta de diálogo. Empresários não sabem ao certo qual será o novo Fies.

“Fala-se muito em ser sustentável, mas é preciso lembrar que o Fies é uma política pública, não pode ser tratado como um financiamento privado ou então ele perde seu papel”, conclui Capelato.

 

Ensino a Distância

Segmento que não está atrelado ao financiamento e que sofre menos na crise, o ensino a distância tem projeções um pouco mais otimistas.

O Semesp projeta que o número de ingressantes no EAD deva crescer 0,1% este ano e registrar crescimento de 4,2% em 2017.

Para o total de matrículas, incluindo não só calouros mas também alunos veteranos, a expectativa ainda é de queda este ano, de 3,6% no EAD. Ainda assim, o recuo é menor do que os 6,7% de retração esperados no ensino presencial.

Em 2017, o Semesp calcula que o total de matrículas vai aumentar 3,3% no EAD e 0,7% no ensino presencial.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Anúncios
carreira, comunicadores, marketing, Mkt educacional, treinamento

Capacitação “Marketing Estratégico em IES” terá início dia 1º de agosto

 

Universidade Corporativa Semesp inicia novo curso EAD em parceria com a FIA

 O Semesp – Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior inicia no próximo dia 1º de agosto o curso a distância “Marketing Estratégico em IES”, em parceria com a Fundação Instituto Administração (FIA). O curso, com uma carga horária de 18 horas, visa capacitar os profissionais para aplicação de conceitos, práticas, técnicas e ferramentas gerenciais mais atualizados em Marketing.

marketing-estrategico“O objetivo desse curso é preparar os profissionais de marketing para ocupar níveis hierárquicos superiores, além de introduzir os participantes na discussão de conceitos considerados ainda de fronteira da ciência no campo de marketing estratégico”, adianta o coordenador da Universidade Corporativa Semesp, prof. Dr. Marcio Sanches.

Segundo Sanches, podem participar da capacitação profissionais da área de marketing que atuam em Instituições de Ensino Superior e buscam reciclagem e especialização, que trabalham em outras áreas da IES, mas que percebem a necessidade do conhecimento sobre Marketing Estratégico e ingressantes na área marketing em IES que precisam adquirir os conhecimentos necessários para o desempenho das novas funções.

Os principais conceitos do curso serão explicados com ênfase em videoaulas. As aulas terão dinâmica muito próxima das presenciais e o material de apoio será exclusivo para o curso, associado aos vídeos. O tutor Riccardo V. Morici auxiliará o aluno na resolução de dúvidas. Os Quizzes fixarão o conteúdo e reforçarão a aprendizagem. O Fórum estimulará debates, troca de ideias e conhecimento. Já o estudo de caso, apresentado durante o curso, fará com que o aluno teste na prática o que aprendeu na teoria, formulando um plano estratégico de marketing para captar e reter alunos. 

O conteúdo do curso é dividido em: Marketing Estratégico: Marketing–Natureza das necessidades do cliente ao valor percebido e relevância; Processo de gestão de Marketing, esferas estratégicas e táticas; segmentação de mercado, seleção de alvo e posicionamento; estratégias para novos mercados e mercados correntes; Mix de Marketing: uma visão panorâmica; decisões de produto, preço e distribuição; Plano de Marketing – consolidação das decisões tomadas como guia de ação. Marketing estratégico aplicado às IES: estudos de caso.

“A FIA entra com a produção, operacionalização e certificação dos cursos e o Semesp completa as aulas com mais duas horas de cases específicos do ensino superior”, explica Carlos Eduardo Furlanetti, diretor de cursos do LabFin Provar, da FIA. Segundo Furlanetti os cursos da FIA em EAD são dinâmicos e têm como vantagens “um aprendizado para adquirir conhecimento aplicado no dia a dia melhorando resultados; cursos considerados no índice da Financial Times com os melhores das 30 maiores escolas do país e ainda um modelo que privilegia aulas com mestres e doutores renomados e otimamente avaliados em cursos presenciais”.

Serviço:
Marketing Estratégico em IES
Início: dia 1º de agosto

Inscrições
Informações: universidadecorporativa@semesp.org.br
Telefone: (11) 2069-4444.
Associado Semesp: R$ 540,00
Não-associado: R$750,00

 

Prof. Riccardo V. Morici – é mestre em Business Administration pela Ohio University, em História da Ciência, com foco na História do Marketing, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP. É pós-graduado em General Management pela Havard Business School. MBA Corporativo pela FGV. MBA Executivo Internacional pela FGV. CEAG (especialização em Administração de Empresas) com ênfase em Marketing pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo – EAESP-FGV. Engenheiro Mecânico pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – Poli-USP. Professor dos cursos de pós-graduação e MBA da Fundação Instituto de Administração – FIA para as disciplinas de Marketing Estratégico, Gestão de Marketing, Gestão de Marketing no Varejo e Planejamento Estratégico.
Sobre a Universidade Corporativa Semesp
Criada em junho de 2014, pelo Semesp – Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior, a Universidade Corporativa Semesp tem como objetivo capacitar e qualificar os profissionais de instituições de ensino superior, difundindo conhecimentos, técnicas e valores considerados fundamentais para o sucesso do ensino superior no Brasil. Desde sua criação já formou e capacitou cerca de 200 profissionais.
Portal: www.uc.semesp.org.br
 Atendimento à Imprensa: Ana Purchio/ 11 2069-4419 / imprensa@semesp.org.br