aplicativos, comunicação, educação, geração y, Geração Z, Internet, Mídias Sociais, Mkt educacional, redes socias, Relacionamento

O que fazem os jovens nas horas de descanso?

Filmes, séries e programas de TV são indispensáveis como lazer para 78% dos estudantes

Uma pesquisa realizada pela rede social Passeidireto.com indica que 78% dos 5 mil entrevistados gostam de ficar no sofá e em frente à telinha – seja da TV, computador ou tablet – assistindo séries, filmes e programas preferidos. Outros 65% dos universitários, sendo maioria entre 18 e 24 anos, atualizam a playlist e ouvem música sozinhos, 39% deles preferem sair com os amigos e 32% escolhem viajar.

celular-uso

Quando falamos da telona, 44% curtem ir ao cinema. Tem aqueles que não abandonam os livros nem na hora do descanso e 58% deles preferem ler, enquanto 47% estão ligados no videogame. Como a grana é curta no período de faculdade, somente 19% dos jovens vão a restaurantes e teatro, mesmo com a meia-entrada.

A ideia da pesquisa é entender melhor como os universitários usam o tempo livre e um dado interessante que observamos é que muitos deles continuam conectados. Usam o computador para estudar e seguem na plataforma para refrescar a mente“, declara Daiane Dias, coordenadora de Relacionamento com o Cliente do Passeidireto.com.

Os serviços de lazer
Como o Passeidireto.com percebeu o lazer preferido dos estudantes, a rede resolveu estender a pesquisa e quis saber o quê e como eles assistem.
O computador é o campeão na hora de esquecer os estudos, com 93% dos entrevistados conectados por ele, seguidos de 91% no celular, 66% na televisão e 25% no tablet. A pesquisa aponta que o rádio é importante para 18% de entrevistados na hora do descanso.

Quando o assunto é o uso e a importância dos serviços para o lazer, os aparelhos eletrônicos são indispensáveis para se distrair para 68% dos entrevistados. Os serviços de streaming influenciam 43% dos estudantes contra 25% dos serviços de TV paga.

A programação queridinha está em assistir filmes em geral, com 10%. Entre as séries, Game of Thrones é a mais assistida representada por 6%, tendo Orange is the New Black e Grey”s Anatomy na cola com 5% e 4%, respectivamente.

Para os que usam a internet para programar viagens, 46% entram online e compram passagens e 40% fecham hospedagem; 23% deles usam para conferir promoções e comparar preços.

Apesar dos diversos interesses em descansar na frente de um produto eletrônico, 33% dos participantes confessaram ficar de uma a duas horas por semana dedicando o tempo à principal atividade de lazer, mas 32% se entregaram e disseram ficar mais de seis horas semanais.

A Passeidireto.com é uma rede acadêmica para universitários, que tem como missão conectar alunos e seus conhecimentos. Desde 2012 no ar, o Passeidireto.com já concentra 7 milhões de usuários, está presente em mais de 2,5 mil universidades do Brasil e em 4 anos de existência já recebeu R$ 27,5 milhões em aporte. Por meio da rede, os estudantes podem se conectar uns aos outros, seguir disciplinas específicas, compartilhar materiais de estudo e trocar mensagens. 
Confira todos os detalhes da pesquisa no link: http://www.singcomunica.com.br/passeidireto-com-revela-o-que-os-universitarios-fazem-nas-horas-vagas/

 

Anúncios
comunicação, Criatividade, design thinking, educação, evento, Internet Marketing, marketing, Marketing Digital, Mídias Sociais, Mkt educacional, Redes sociais, Relacionamento, treinamento

Ética na Era Digital no III Fórum de Comunicação e Marketing da ANEC

Forum Mkt ANEC1

Amigos e amigas a ANEC – Associação Nacional de Educação Católica do Brasil realiza de 11 a 13 de maio, o III Fórum Nacional de Comunicação e Marketing, no Colégio Damas, em Recife (PE).  O evento vai promover a troca de experiências entre os profissionais da área, com informações sobre ética, direito, marcas, marketing digital, design Thinking, redes sociais e outros.

“Ética na Era Digital” foi o tema escolhido para esta edição que traz na programação palestras e workshops. Estas oficinas serão voltadas para elaboração de cerimonial, planejamento do marketing digital, dicas para sobreviver nas Redes Sociais e design thinking.

Forum Mkt ANEC22222O tema principal será ministrado pela coordenadora do MBA em Marketing da HSM Educação, Martha Gabriel. As duas outras palestras irão tratar sobre “Direito Digital” ministrado pelo assessor jurídico da Associação das Religiosas da Instituição Cristã e membro do GT de Assessores da ANEC, Sr. Helder Nascimento e “O lado bom da força: Marcas e Éticas na era digital” ministrada pela publicitária e jornalista, Izabela Domingues.

O evento é voltado para profissionais de comunicação: jornalistas, assessores de Imprensa/comunicação, gestores de comunicação e marketing, designers, web designers, atendimento publicitário, analistas de redes sociais, relações institucionais, publicitários, produção audiovisual, professores/pesquisadores da área de comunicação, analista de marketing e gestores de instituições de educação.

Inscrições e mais informações em: http://www.anec.org.br/comunicacaoemarketing – Inscreva-se até  6 de maio. As vagas são limitadas!

 

Participarei da mesa-redonda do último dia. Espero vocês lá!

educação, Relacionamento

A Chave do Marketing Educacional é o Relacionamento

Recorrentemente falo que Relacionamento é a palavra de ordem em Marketing Educacional. E recorrentemente também lembro-me e leio e indico este artigo do respeitado Ryon Braga ao qual tive o prazer de trabalhar à algum tempo atrás e desde então, meados dos anos 2010 quando ele também escreveu este artigo, vejo que muita coisa ainda é atual, pertinente e pior, sem uso por parte das Instituições de Ensino.
A chave do Marketing de Relacionamento
A chave do Marketing de Relacionamento
Leiam:

Rejeitado no passado e aclamado no presente, o marketing nas instituições de ensino ainda está longe de ser trabalhado adequadamente. O recente crescimento da “preocupação com o marketing” por parte dos dirigentes educacionais, não vem se traduzindo em melhores resultados para as escolas. Acontece que, na prática, muitos dirigentes ainda estão confundindo marketing com propaganda e estão investindo muito em propaganda (geralmente mal feita) e pouco em marketing.

A maior parte das escolas investe seus exíguos recursos nas rotineiras “campanhas de matrículas” ou campanhas para captação de alunos na época da matrícula. Se este é o seu caso, será interessante que você aprenda um pouco mais sobre marketing educacional.
Acontece que, para captar novos alunos, é preciso entender mais a fundo a dinâmica do mercado educacional. Como não há mais crescimento populacional nas classes econômicas A e B, a cada ano há o mesmo número de crianças aptas a entrar na escola, porém o número de vagas e escolas cresce continuamente, causando uma diluição da demanda de alunos. Este processo intensifica o fluxo migratório de alunos de uma escola para outra (concorrente), sensibilizados pelo apelo de preço, descontos, localização ou qualidade.

Continue lendo “A Chave do Marketing Educacional é o Relacionamento”